Chega uma hora na vida, que você resolve dar um pause e pensar tudo que tem feito nos últimos tempos, resolve fazer um balanço de tudo que você conquistou, de quantas pessoas você conheceu que te ensinou alguma coisa que você levara para o resto da vida, de quantas besteiras você fez, de quantas mudanças aconteceram. E é nesse momento que você começa a colocar os pingos nos is e os pontos finais. Você começa a entender quem você realmente quer do seu lado, que realmente caminha com você em todas as horas, quem te apoia, que tem inveja, que só deseja o a mal, e pior aqueles que te acham com cara de Google e só te procuram quando precisam. Você perceber que quanto mais calado você fica com suas conquistas melhor é. Que as pessoas, ou  maioria delas, querem te ver por baixo. Se elas acharem que você está melhor que elas, você vai conhecer quem realmente com quem convive, o ser humano, infelizmente, não sabe lidar com as conquistas de quem está do seu lado. Chega o momento que você sabe exatamente o cara que você quer ao seu lado, as amizades que sempre estarão ali pra todas as horas, você percebe que família e base, o suporte o alicerce, resumindo, é tudo. Chega um momento, que você enxerga o mundo com outros olhos, isso chama maturidade. Não é selecionar, nem escolher, é crescer. E começar a deixar de lado aquilo que não te faz bem, aquilo que não acrescenta. É passar a não se importar com coisas que te deixaram tristes ou pra baixo. E não se importa mesmo. Padrão de beleza não existe, reclamar não resolve, chorar desabafa, abraço é um aconchego, e respeito pelo próximo e mais do que essencial, é obrigação. Ajudar, mesmo que com o pouco, é ajudar. É nesse pause que você descobre tudo o que quer para sua vida, quem você quer para suas vida. Todos nós temos esse tempo, e nunca é tarde para apertar o pause e fazer um balanço. Não espere a ano novo, nem a segunda feira. Seja a mudança que você deseja. Corra atrás de tudo que te faz bem. Afaste de pessoas que não ficam felizes com suas conquistas. Mas, não esqueça, faça tudo isso em silêncio., essas mudanças só dizem respeito a você e a mais ninguém.


Deixe um comentário

Novidades por e-mail