"Estou  indo embora. Não sei o que me espera. Mas aprendi que a felicidade é uma opção. Ela mora em todo lugar. Basta que a gente permita que ela nos faça companhia." Fani, página 320

Autora: Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
Ano: 2014
Páginas: 325
Classificação: (Excelente/Favorito)
Onde comprar: Americanas | Saraiva | Submarino

O que dizer desse livro? Expectativas foram mais do que superadas. Quando terminei de ler o primeiro, fique com aquele gostinho de quero o segundo já. Eu sabia que seria tão bom quanto o primeiro, mas o que eu não imaginava era que seria tão maravilhoso. E, não é exagero, se vocês lerem tenho certeza que dirão a mesma coisa.

O livro retrata todas as experiências vividas por Fani na terra da Rainha (Inglaterra), onde ela tem que adaptar a uma nova rotina, uma nova família, nova escola, fazer novos amigos. Isso, que atrai o livro, Paula Pimenta soube retratar maravilhosamente bem, toda essa experiência e dificuldades. O livro mostra, o quanto certas mudanças são necessárias na nossa vida.

Após, finalmente Fani ter se acertado com Leo, foi necessário que ela embarcasse para a Inglaterra, não dava pra deixar de ir, ela sabia que era uma oportunidade única e além do mais, seus pais já haviam investido muito. O que ela não imaginava é que seria tão difícil suportar a distância de todos, especialmente do Leo. O que ela fez? Evitou de responder todos os seus e-mails, evitou qualquer contato, até que ele ligou pra ela e falou coisas que ela não gostaria de ter ouvido. Após tentativa de reaproximação e dizer que estava disposta a voltar para o Brasil, ela recebe uma carta do Leo dizendo que já estava com outra pessoa. Foi então, que Fani resolveu ficar na Inglaterra até o fim de seu intercâmbio. Conquistou novos amigos, superou um pouco de sua timidez, a convivência com sua nova família era muito boa, conquistou um novo namorado. Mas, não muito feliz resolveu terminar esse namoro, que logo, logo teria que ter um fim, devido a distancia quando Fani voltasse para o Brasil.

“Sinceramente, eu não sei se já estou preparada para me envolver com outra pessoa, mas acho que, se eu não tentar, eu nunca vou saber. O que eu tenho certeza é que não gostei de você ter ido embora da peça sem falar comigo. E que senti sua falta no aniversário da Tracy. E que agora a pouco fiquei com ciúmes por te ver com as minhas colegas. E que só de imaginar que ia te encontrar, hoje mais cedo, me senti feliz por perceber o meu coração disparado, ao constatar que ele ainda está vivo.”


O público alvo é infanto-juvenil, mas, eu como uma eterna adolescente, me apaixonei de cara. Acho que, por ser uma história simples, do nosso cotidiano. Onde, nos envolvemos com todos os problemas e aventuras da personagem Fani. Nos identificamos, consegui relembrar tudo o que passei na minha adolescência. Paula, ainda utiliza das citações de filmes a cada inicio de capitulo, das conversar por e-mail, dos bilhetinhos trocados em sala de aula, deixando a leitura ainda mais divertida e dinâmica. A leitura é muito gostosa, é o tipo de livro que você em apenas um dia, deixo a dica de leitura e super recomendo!


Deixe um comentário

Novidades por e-mail