Tem dias que a vida dá uma rasteira na gente, o telefonema esperado não aparece, você leva uma bronca dos pais, tira uma nota ruim na prova, o rímel borra, o coração desmancha e as lágrimas acabam saindo sem você perceber. Dias cinzas são necessários? É, eles são, mas parece que acontece tudo de ruim de uma vez não é? Uma sensação de que a vida te deu as costas, e que desistir é a melhor opção! Muitas vezes já pensei assim, e se hoje estou escrevendo esse texto é porque o dia não foi fácil (e não foi mesmo).

E por um instante pensei em desistir!

Mas não podemos desistir de tudo, por tão pouco. Se alguém que você gosta te magoou, pense que foi em um momento de raiva. Se seu inimigo te prejudicou é porque queria te ver sofrendo, não deixe a lágrima cair, dê o seu melhor sorriso, isso o fará entender que o que sente por ele não é ódio, é indiferença. Se o cara que você diz ser o homem da sua vida te passou uma rasteira, pense duas vezes antes de dizer que ele é o “cara da sua vida”, talvez ele possa ser o idiota que esteja passando em sua vida. Se acha que todos estão com raiva de você, calma, não é bem assim, talvez você esteja com raiva da vida naquele dia, converse, pergunte, é a melhor solução. Não crie o Fantástico Mundo de Bob, às vezes tudo não passa de uma fantasia. Pensar que todos esses obstáculos servem de alicerce para crescermos é muito mais fácil, encarar os problemas com coragem e determinação, nos mostra o quanto somos fortes. Isso nos ensina a amadurecer.

Quer uma dica? Está triste, vai ler um livro, ouvir uma música que te faça bem, desligue-se, e esqueça desse dia, pois, a cada pôr do sol é uma esperança que um novo dia recomeçará e junto com ele novos sonhos surgiram. Pense nisso!


Deixe um comentário

Novidades por e-mail