Era só mais uma noite, de férias em BH. De bobeira, sem nada pra fazer. Mas é quando menos esperava a noite mudaria completamente. Um convite inesperado e talvez inusitado. Resolvemos sair, afinal duas sem nada pra fazer não dá! Fomos eu e Gabriela (pra quem não conhece é a melhor prima e amiga que alguém pode ter). A noite prometia, apesar da chuva que começa a cair. Passamos pelo Maletta, mas lá estava cheio nem dava pra ficar! Então procuramos um lugar mais calmo, menos badalado, fomos para o Café cultura bar. Sentamos, pedimos uma bebida e conversamos por muito tempo, sobre nossa infância, faculdade, estágio e muitos outros assuntos, afinal tinha alguns anos que não nos víamos, foi muito bom tinha esquecido o quanto sua alegria contagia Gabi! Foi então, que fomos interrompidas por um rapaz, desconhecido, mas com cara de legal. Pediu pra sentar. Aceitamos, afinal não tinha nada a perder. E foi ai que a noite rendeu. Falamos sobre tudo festas, baladas, amores, amizades, faculdades, cidades que morávamos e conhecíamos viagens, dificuldades enfrentadas fora de casa. Nos divertimos muito, a noite mais incrível dos últimos tempos. Hoje eu queria tudo de novo, e fazer diferente. Aquele dia não estava bem, meu namoro havia acabado recentemente e parece que ainda estava desligada do mundo. O Felipe (é o único que lembro o nome) nos convidou pra estender a noite com os amigos dele para uma balada, a Gabi queria muito, ma idiota aqui não quis. Isso aconteceu há quase um ano, mas a noite foi tão diferente de tudo que já passei que resolvi escrever um texto. E, depois desse tempo quanta coisa mudou! Como estou bem e pronta pra viver e conhecer novas pessoas, me relacionar, divertir e curti. É preciso tempo pra tudo isso, mas o tempo foi cruel e generoso ao mesmo tempo comigo. A vida me deu oportunidades incríveis nesse período. Passei a valorizar mais as pessoas que se importam comigo e não aquelas que fingem um sentimento e só me fazem sofrer. A noite foi perfeita e se hoje fosse “aquela noite”, tudo seria tão diferente, tão mágico. Mas tenho certeza que novas noites badaladas vamos ter não é Gabi? Obrigado pela recepção e pelas farras. Que pena que o tempo foi curto, mas com certeza teremos muitas baladas pra curtir juntas.

P.S.: Créditos à Gabi e ao Felipe.


Deixe um comentário

Novidades por e-mail