Desde quando era crianças, ouças as pessoas dizerem que somos todos iguais, e muitas vezes ainda acrescentam que mudamos só de nome. Você concorda com essa opinião? Eu não! Essa semana completamos sete bilhões de habitantes no mundo. Vocês fazem ideia do que são sete bilhões? Gente é muita coisa para as pessoas dizerem que somos todos iguais. Sim pode que existem pessoas que pensam iguais em certas ocasiões, pode que tenhamos gostos iguais, mas daí dizer que somos todos iguais e muito exagero.

Estamos vivendo em um mundo de mudanças, de tecnologias cada vez mais avançadas e ainda existe alguém pra dizer que todos iguais. Se você também concorda com essa opinião e aceita o que todos dizem, por favor, reveja seus conceitos.

A vida passa muito rápido para pensar como todos, agir como todos, vestir como todos e fazer o que todos fazem. Acredito que precisamos ter nossas próprias opiniões, nossas próprias escolhas e acima de tudo escrever nossa história diferente das histórias dos outros. Mudança! Essa é a palavra que vive constantemente em meu vocabulário. Quando vejo que é preciso agir diferente em alguma situação, que é preciso mudar de opinião mudo sim. Quer uma dica? Seja flexível, talvez é o melhor em certos momentos. Porque insistir na mesma história, isso cansa. Quer outra dica na vida tudo passa, não importa o que você faça. Então será que esse não é o momento certo de fazer a diferença?

Ei, você que está ai lendo esse texto, quer ser só mais um ou pretende fazer a diferença? Faça a diferença na sua casa, na sua escola, na sua vida. Não seja só mais um, faça sua história, construa suas raízes essas sim fazem toda a diferença.


4 Comentários

  1. Belo texto, belo tema também. Aliás, qualquer tema é belo se pensado de maneira mais profunda e reflexiva. Superficialmente falando concordo com a postura tomada. Mas quando dizem que todos somos iguais prefiro pensar nessa questão com se referindo a estrutura base da huminidade, como a moral e a ética, que formam padrões de comportamento mesmo para toda a diversidade de raças existentes. Pensando por esse lado, é racional concordar que todos somos iguais. Ao meu ver, poderiamos classificar a questão em duas dimensões, a micro: que analisa cada um separadamente mas de forma superficial; e a macro que engloba todos nós e analisa de forma profunda. E por isso, não acho que seja possível concordar ou discordar de apenas uma possibilidade, pois as duas dimensões são interligadas, formando o que chamamos de realidade.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você, mas qundo digo em sermo diferentes. Falo de opiniões, de personalidades. Mas obrigado por comentar no blog, continue comentando.

    ResponderExcluir
  3. Vou continuar comentando sim. Você escreve muito bem, parabéns Lílian... com N neah!? rs.'

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado, mais uma vez, por curtir meu trabalho! Gosto de escrever e gosto ainda mais quando meu leitores gostam dos meus textos.

    ResponderExcluir

Novidades por e-mail