Um dia caminhando sozinha na rua, em minha frente dois caras conversando. Comecei a prestar atenção do que eles falavam. De repente, um deles disse que as escolhas que fazemos no nosso dia a dia influenciam muito no nosso futuro, e que através dessas escolhas podemos nos arrepender eternamente. Continuei caminhando. E logo passei por eles. Fiquei imaginando como aquela pessoa tinha dito uma coisa tão sensata. As nossas escolhas por mais erradas, são nossas escolhas, e infelizmente muitas delas jamais podemos voltar atrás, por mais erradas que são. Impossível corrigi-las. Hoje acordei com a sensação de que tinha feita a escolha mais errada da vida. A sensação de que joguei fora a oportunidade de ser feliz pra sempre, ou pelo menos, naquele momento. Mas ao mesmo tempo ganhei a oportunidade de crescer com meus próprios erros. Erros tão absurdos e inconsequentes. Talvez, um dia vou rir de tudo isso. Mas nesse momento a minha escolha me faz sofrer tanto que chega a doer. Dói muito. Mas foi a escolha, que infelizmente não existe uma maneira sequer pra consertar. Então a única coisa que me resta e dar tempo ao tempo. Tenho certeza que um dia tudo isso vai passar. Mas a única certeza que tenho é que através dessa escolha que fiz hoje, vou sempre lembrar, para que nas próximas escolhas que fizer procurar conhecer e entender melhor sobre todas as partes, para depois seguir o melhor caminho. Mesmo assim, posso correr o risco de novamente fazer a escolha errada, mas com toda a certeza, vou sofrer menos, pois vou poder dizer: “Dessa vez parei, pensei, por mais errada que foi a minha escolha não agi por impulso”.


Deixe um comentário

Novidades por e-mail